Após, mais ou menos, um mês de estadia em Dublin é hora de tirar o GNIB, que é simplesmente o visto de permanência.

A demora de um mês ocorre pelo simples fato de que você tem que abrir uma conta no banco, esperar chegar o cartão e a senha no endereço que você forneceu o que demora até cinco dias. Depois é hora de depositar os 3 mil euros e já solicitar o envio de um extrato, que chegará  em até cinco dias,também.  Feito isso você já pode solicitar, na sua escola, as cartas do seguro e do GNIB.  Por isso que é aconselhável viajar com pelo menos mais mil euros, além dos 3 mil, para que se possa pagar as despesas desse período sem poder utilizar todo o dinheiro.

 

Tudo pronto é hora de ir até o posto da imigração, que fica nas margens do rio Liffey, próximo à O’connell Bridge.  Ao entrar no posto tudo pode parecer um pouco confuso, porém primeiro você tem que pegar uma fila para o guichê número 15, onde lhe será dada a senha. O que, no meu caso, levou uns 15 minutos. Chegando ao guichê você explica que está ali para fazer o GNIB pela primeira vez, ele irá pedir apenas o seu passaporte e perguntar se todos os documentos estão em mãos. Feito isso ele lhe entregará a senha. No meu caso, o funcionário já avisou: “Hoje a espera será de 3h, então você pode ficar ou ir fazer o que tiver que fazer”.  Porém caso o funcionário não avise, o tempo de espera está escrito no papel da senha.

 

Eu aproveitei para dar uma volta no parque, almoçar, ir a um Starbucks para aproveitar o Wi-fi…. Enfim, depois de três horas retornei ao posto e, claro, demorou um pouco mais para que minha senha fosse chamada.  Chegando ao guichê entreguei os documentos (cartas da escola e seguro, extrato do banco e passaporte) e esperei o funcionário verificar tudo e preencher os formulários. Ali mesmo já foi tirada a minha foto e a impressão digital dos indicadores esquerdo e direito. Assim como o pagamento dos 300 euros. Sim, para retirar o GNIB você tem que pagar esse valor e, detalhe, só é possível pagar com o cartão do banco.

O passaporte fica com o funcionário e ele já me avisou que eu seria chamado para a coleta das digitais pelo meu nome.  O que demorou de 20 a 30 minutos para acontecer. É preciso ter atenção, pois se você for chamado e não ir eles lhe colocarão novamente no fim da fila. São retiradas, de forma computadorizada, as impressões digitais de todos os dedos das mãos. Ao término desses procedimentos, é hora de esperar a entrega do GNIB, que é, digamos, uma carteira com sua foto e seus dados. Além de ter seu passaporte carimbado com o visto de permanência de um ano. Após uma hora, fui chamado para finalmente receber meu GNIB. Ao todo, do momento em que entrei na fila para pegar a senha, até o momento em que peguei meu GNIB, foram 5h 40 minutos.

 

Em alguns casos pode demorar mais ou menos, tudo depende do dia. E como todas as repartições públicas existem poucos funcionários. Por exemplo, dos 14 guichês para o atendimento, apenas quatro estavam funcionando no dia que fui. Além disso, apenas uma pessoa estava carimbando os passaportes conferindo o GNIB e entregando.  Logo se prepare para perder uma manhã ou uma tarde inteira na imigração. Porém, você já sai com tudo pronto.

 

Qualquer duvida entrem em contato por email ([email protected])